Os encantos de quem ama

Mas
me diga só mais uma vez

Outras
vezes o tempo se encarregará

Por
que eu fui gostar de ti


de ti

E
me encantar

Com
que o que diz e não diz

O
que insinua falar

E
com o que a inda vais me falar

Eu
sei que só podem ser coisas do amor

De
quem descobriu um tesouro em si

Uma
fonte de amar

Ah
esse amor dentro de mim

Mais
parece ser um jardim

Todos
os dias eu vejo nascer um flor

E
a essência de ti, dentro de mim

E
sentir o que é o amor

Hoje
já desabrochou!

O
meu pensamento em ti

Ah
só podem ser coisas de amor

Mas
me digas outra vez

O
que foi que aconteceu comigo

Depois
que eu sentir amor e a essência de ti

Eu
vivo em sois amor e clarão

Entre
galáxias e universo


não contenho os impulsos do meu coração

E
vivo a declarar estas coisas de amar


podem ser coisas de amar

Eu
sei que dia vem é de ti

O
começo o meio e fim

No
começo eu estou e no final da tarde a me despedir


podem ser essas coisas de amar

E
logo te espero em mais uma flor que já anuncia chegar

Mas
então me diga por favor

O
que são essas coisas de amor

 Nilson
Ericeira