27 de fevereiro de 2024

Um amor prometido

Chora
passarinho chora

Chora
a dor da saudade de quem está tão longe

Chora
pelo amor que partiu

E
chora também pelas feridas que abriram

E
pelas promessas feitas de um dia voltar

Chora
de saudade e solidão

Mas
canta a vida e a busca da felicidade 
no fundo do meu coração

Canta
passarinho canta em qualquer idade

Ah
mais que saudade eu sinto agora

Desse
alguém que outrora prometeu me amar

Mas
um dia bateu asas e se foi na imensidão

E
deixou suas marcas no céu do meu coração

Hoje
eu sinto saudade tua, uma saudade nua de quem ainda quer te amar

Nem
que seja por um instante,

Que
me seja até um amor de rompante

Mas
eu choro pelo amor prometido

E
que apesar de tuas asas feridas me ensinou a voar

Pois
é na dor que também se conhece o amor

Então,
volte cantar e me encantar com teu som

Pois
só assim, eu sinto o teu amor lá meu coração

Ah
mais que saudade de alguém que um dia prometeu me amar

 Nilson
Ericeira