27 de fevereiro de 2024

A idade do amor e a junção das pessoas

O
amor nasce de diferentes formas, manifestações por assim me expressar. Porém
não nos é possível calibrar, aferir ou quantificar o amor. O amor é intenso ao
tempo em que se manifesta.

Com
o tempo, podemos aumentar o nosso leque de valores, modificá-los ou mesmo ofuscá-los.
Valores são reservas ou créditos que cada um constrói de acordo com o seu
universo. Contexto em que os fatores sociais estão intrinsicamente ligados. A
vida é um tecido social que se desenvolve no dia a dia por meio de malhas para
o bem ou para o mal.

O
amor é uma construção permanente que não se estanca na própria relação, pelo
contrário, faz-se necessário onde há permissão de um e de outros, ou de todos.
Por essa razão não nos é possível estabelecer a idade do amor ou qualificar
quem ama mais e quem menos. Quem ama, ama.

Um
ponto básico da relação de quem ama é não esconder este sentimento tão especial
que nasce no nosso coração e toma conta do nosso ser nos tornando pessoas
saradas. Por isso, sempre devemos manifestar na nossa fala ou falas, nossos
gestos, outras linguagens, corpo e mente. Não há razão para nos escondermos em
nós mesmo, o amor é manifesto.

Eu
falo das coisas que acredito ao tempo em que respeito os que de mim discordam,
de forma que, não há uma fórmula pronta para definições de sentimentos, quando
mais quando tratamos de uma das formas de vivermos bem melhor.