27 de fevereiro de 2024

Coração-oceano

E
se tantas coisas não desaguassem

E
se o amor não superasse a dor

Se
tudo não coubesse no coração

Se
não soubéssemos filtrar

Deixando
essências

E
se fosse possível deixar de amar

E
se o rio não corresse para o mar

Se
tudo passasse

O
amor não ficasse

Se
não guardasse essência tuas

Se
a flor não desabrochasse

E
se o amanhã, novo dia

De
dentro de nós que o amor irradia

Tantas
coisas se esvairiam

Mas
o amor, o amor ficará

Ainda
que o tempo passe

O
amor permanece

Pois
é o melhor de nós

E
se o coração não fosse imenso

Pois
muito maior que a sua forma

Nada
ficaria e não desaguaria

E
sua tua essência não ficasse

De
saudade eu morreria

   Nilson
Ericeira