25 de fevereiro de 2024

Meu pai, meu referencial

Este dia seria o
aniversário de meu pai Crecy. Nesta data, sempre nos reuníamos. Todos íamos ao
seu aniversário e ele gostava demais.

Logo que eu
chegava, a minha mãe já dizia: ‘teu pai já foi comprar a comida que tu gostas”!

Nessa época, a
nossa casa em Arari enchia de gente. Tudo era alegria.

Desde de quando
não tínhamos condição, uma das sua alegrias era ver a casa cheia de parentes e
amigos. Todos, independentemente do


dia ou das circunstâncias, eram convidados
para o café, para o almoço e jantar.

Só para se ter
uma ideia, teve gente que vinha da zona rural de Arari, para estudar e ficava
lá em casa e só voltava no outro dia.

Meus pais me
ensinaram desde sempre ser solidário e amigo.

Que Deus o tenha
meu querido pai. E me perdoe por sempre achar que fiz em vida muito menos do
que você merecia.

É certo que
sempre vou lembrar de meu pai Crecy como um referencial.

https://jornalistanilsoneric
eira.blogspot.com/