22 de fevereiro de 2024

Arari em mais um poema incompleto

Ara no Nema

No Igarapé de Arari

No Ubatuba, Perimirim e Santo Antônio

Ara na ponte Itapoã

Ara todas as manhãs

Ara no Rio Mearim

Ara no amor de uma gente assim

Pois eu já arei na Rua da Franca

Em Santa Luzia

João Lima, Coronel
Horácio

Arei e semeei em todas
as ruas

Nas festas de Bom Jesus
e da Graça

Podem arar com alegria

Pois agora vou arar no Festival
da Melancia

Ara nos caminhos

Ara até os espinhos
Nos teus jardins

Ara as rosas Marias e
Joões

Ara dentro do meu
coração

Então, vamos todos arar

Ou melhor, amar

Pois eu sou de Arari

O melhor lugar que há

Mas se não satisfeito

Arem aqui no meu peito,

Pois eu amo de qualquer jeito

Arari é a cidade que
Deus me deu para amar

   Nilson Ericeira