26 de fevereiro de 2024

O amor inteiro

O amor
inteiro

O amor
parte-me em pedaços

Sobrevém
todos os dias em composição única

Ainda
que se junta

Amolda-me
a minha inspiração

Sacia
minha sede e me alimenta

É
essência e partes

Dá-me
viagens e possibilidades

Traz-me
à solidão

Antes,
anuncia no meu coração

É fuga,
é ilusão…

Assim,
ponho-me em integração e desintegração

E, ao
tempo,

junto-me
nas conformidade de amar

Nilson
Ericeira