25 de fevereiro de 2024

Sequidão

Quando me faltar o verbo

Me faltará a carne

Me faltara o ar

Tomara que tempere a dor

E dissimule amor

Quando me faltarem palavras

Sequidão no coração

Introspecção

Quando chegar a hora

Tomara não seja agora a separação

Pois sem amor não se vive

É vegetação

Quando me faltarem as letras

Pois sem inspiração

Então, é melhor ser ir

A viver na sequidão

Nilson Ericeira