22 de fevereiro de 2024

Olha só

Olha só

Eu vim aqui pra te dizer

Que não cessei de querer-te

Não nego a mim mesmo

Mesmo que em disfarces

Dentro de mim,

É a ti que acho

Eu vim te dizer do meu amor

O quanto sofri e chorei

O quanto dou solidão

E que apesar da dor,

nunca te tirei do meu coração

Fazes parte da minha vida

Es o ar que busco

O encanto que em mim habita

Por fim, nunca te tirei de mim

Nem mesmo quando dei gargalhadas

No fundo queria apenas chamar a tua atenção

Quando aparente estava bem

Meu coração me denunciava

Pois é a ti que amo

Nilson Ericeira