25 de fevereiro de 2024

Vou te esperar

Hoje eu vim aqui só para te dizer

Que andei calado por um tempo

Parecendo um pássaro sem ter onde sentar

Levitando pelo vento e sem ar

Apensar da imensidão do tempo

Quase esfriei meu coração

Olha, eu vim aqui pra te dizer

Que dentro de mim o teu amor

Faz festas sem se importar com a estação

Pois fazes residência no meu coração

Eu vim aqui pra te falar

Do que passei, do que sofri e do que chorei

E que doeu demais a tua ausência

Ainda bem que nunca te tirei do coração

Pois logo que passou a ventania

E enxuguei as minhas lágrimas

Dentro de mim a alegria

De outra vez reconstruir tudo

E te esperar para amar

Nilson Ericeira