22 de fevereiro de 2024

 Canteiros

Irriguei meu ser

Alaguei meus olhos

Umedeci meu coração

Chorei de saudade e solidão

Passei noites e dias te procurando

Sonâmbulo perambulei

Nem me dei conta que o tempo passou

E o tempo ensina e aponta os caminhos

Olhei para as flores como se,

em cada uma a tua presença

E joguei sementes ao vento

Aqui e ali sentir essências tuas

Quando mudavam as estações

Lá estava a te ver de outra forma

E, olhando para o céu, te via no que há mais bonito

Volta e meia me punha aqui no chão

E, então, dava-me conta que estavas mesmo

era no meu coração

Nilson Ericeira