24 de fevereiro de 2024

Por gostar de você

Por gostar de você

Andei junto o tempo inteiro

Contrair canteiros

Construímos, instruímos…

Por gostar de você

Enfrentei o mundo

Nem me importei com o tempo

Andei, andei, andei…

Descobri atalhos

E seguir…

Pois lá do outro lado, você

Porto seguro

Que fez das minhas mãos, correntes

Dos meus braços, abraços

Do meu corpo, estação

Do meu ouvido,

Notas do meu coração

Da minha vida, sinfonias

Por gostar de você

O amor a me oxigenar

Por isso, razões de amar

E por gostar de você

Outra vez, tantas vezes…

Eu a amo

Nilson Ericeira