27 de fevereiro de 2024

O mesmo sol

Hoje
o mesmo sol mais uma vez me iluminou

Partiu
meu ser, me dividiu

E
eu lembrei de ti como antigamente

Renovei
em mim outras sementes

A
flor da esperança desabrochou

Irriguei
meu ser com teu amor

E
sair a semear

Com
a certeza de novas chuvas e brotar

Com
certeza a floração na estação

E
esse amor pra sempre no meu coração

Pois
eu quero te oferecer o meu amor por toda a minha vida

E
se voltar novamente a luz pra iluminar

Outra
vez os reflexos do nosso amor a resgatar

É
que o mesmo sol do amor que me iluminou

Foi
quem mandou a chuva na estação

É
aquele mesmo que se confunde com a voz do meu coração

Agora
eu quero te dizer pra finalizar

É
de ti quem vem aquele sol que me iluminou

E
a mesma chuva que me umedeceu

Pois
o nosso amor nunca morreu

 

Nilson
Ericeira