22 de fevereiro de 2024

Retrancas sentimentais

Se
eu silenciar

É
porque fui te procurar

Se
eu me esconder,

porque
eu fui te ver

Se
eu sair de mim

Certamente
estarei nos teus sentidos

Espero

Mas
se não estiver nos lugares de costume

Tu
sabes onde estou

Eu
vago

Mas
sei onde estás

No
meu coração

Por
isso quando sair de mim

Devanearei,
buscarei, pensarei em reflexões

Pois
meu coração é a tua porta

Abrigo
de ti, somente

   Nilson
Ericeira