25 de fevereiro de 2024

O amor de todos os dias

De todas as coisas que faço o
que sei é que sem o teu amor eu não vivo

Pois todos os dias eu ressuscito
depois da tempestade por que é o que preciso

Por isso que eu vivo contando os
segundos para outra vez te encontrar

Ah meu amor não mudei, por teu
amor é que vivo

E grito bem alto para quem puder
escutar

És a única pessoa que o nosso Pai
me deu amar

E apesar da distância e do tempo,
todos os dias eu me lembro de ti

Desde de bem cedo te amei e logo
pensei que o teu amor é tudo para mim

E todos os dias eu ficava
olhando as ruas por onde passavas…

E logo voltava para casa e te
sentia na essências das flores do nosso jardim

Mas logo vi que ganhastes novos
voos e foi para bem longe

Ainda bem que todos os dias eu
lanço as minhas redes de amor para ver se te alcançam

Embora que seja em pensamentos
de trago para junto de mim

E vejo, ou melhor, logo eu sinto
outra vez a essência da flor que vem do nosso jardim

Ah meu amor, por que Deus quis
assim!

Mas sei que eu te amo e que degusto
do gosto da vida que Ele fez para mim

 Nilson Ericeira