22 de fevereiro de 2024

Um formulação da vida

Não é
justa a medida

E não é
perfeita a forma

Muito se
forma além do que é

Pois se
ajustam as medidas da composição da vida

E assim
se juntam as cores, se acoplam os amores

E se
sentem os sabores

E,
assim, as medidas do ser, perfeitas e imperfeitas

Adequam-se
as fórmulas do coração

Daí
nasce o amor e sensações de junções

Com
fórmulas extemporâneas que não se perde pra sentir

É o amor
o oxigênio da vida

Algo que
se adequa ao peito e nos faz revelar nossas ânsias de amar

E, assim,
buscamos a fórmula perfeita pra escutar nossa voz

Mas já
existe em nós, batidas de um coração

Os mundo
que criamos em nós são as formulas que admitimos

O amor
que sentimos e o que nos escapa das mãos

Então,
desintegram as fórmulas, dando vazão à solidão

Uma
saudade doída de quem quer ir buscar quem mora longe

Com isso,
outras em elaboração buscando o que pede o coração

 Nilson
Ericeira