22 de fevereiro de 2024

E se eu sentir saudade…

Eu sei
que vou senti saudade um dia,

todos os
instantes e todos dias!

Talvez
seja por isso que nem me importa de passar o tempo.

Mas eu
vou te escrever palavras de amor de onde eu estiver,

como
estiveres, e com que nem pensarias um dia.

Eu sei
que vou amenizar minha saudade olhando fotos tuas.

E
imaginando, sonhando em devaneios a tua procura…

Mas sei
que vou matar minha saudade quando sentir os teus sinais em minha vida.

E
levarei comigo aquele riso, aquele abraço da chegada e até da despedida.

Eu sei
que vou sentir saudade!

Mas vou sair
por aí a te procurar pois eu preciso te encontrar.

E se
andar a ermo por descaminhos é por ausência tua.

Eu sei
que vou me afogar em lágrimas de saudade tua.

Eu sei
que já me fizeste um rio, um mar, um oceano.

Eu
preciso desaguar no teu amor.  

Mas por
favor, dá-me dá a tua essência e ternura.

E se por
acaso chegares de mansinho sem que eu perceba.

Saibas
que é no teu coração, sentindo o teu amor é que eu me encontro.

Mas
escreverei parágrafos inteiros dedicados ao nosso amor.

E assim,
quem sabe, amenizarei a minha dor.

Mas sei
que não é fácil saciar a sede desse amor.

Só tua a
presença me leva a teu coração.

Pois já
fiz de tudo para ter volta esse amor dentro de mim e em corpo presente.

Mas não
sentirei saudade quando te abraçar e outra vez pode dizer que nasci só pra te
amar.

E se
sentires saudade, procure-me logo pois estou bem perto do teu coração.


reguei todos os canteiros para te receber quantas vezes for preciso.

E se
voltar a sentir saudade me procure sempre que quiser.

Pois é desse
amor que eu preciso pra viver.

 Nilson Ericeira