27 de fevereiro de 2024

Assim que o amor bateu em mim

Assim que o amor
bateu em mim

E foi assim

Acho que o sol
se apagou em mim quando você se foi

Restou, então,
centelhas de amor no meu coração

Eu sei, porém, que o amor, ah o amor se fez clarão

Restabeleceu a dor e me pois a esperar

Eu sei que um dia você vai chagar sem me avisar

E me falar das coisas que a vida fez,

E outra vez em então renovar o amor do que ficou

Quando você sorrir, novos sóis em mim

Uns novos clarões, reflexos do que aliançou no amor

Então, não terei mais motivos de me entristecer

Pois você novamente me trará a alegria de viver

E, assim, seguiremos sem a saudade tão dolorida

Que mais parecem feridas a sangrar

Mas com as centelhas desse em amor em mim

Então, voltarei a crer na vida e no amor que ficou

Em forma de luz, todos os dias, buscarei esse amor em
mim

Pois é a vida que me alimenta todos os dias

E nem mesmo o tempo será capaz de me fazer esquecer
desse amor que aquece e ilumina os meus dias

Todos os dias

Nilson Ericeira