20 de fevereiro de 2024

Ainda há sementes!


Não nos arrependemos de ser bons, justos e humanos. Assim como não esperamos reconhecimento dos homens. E seguimos: porque ainda há sementes em nosso
coração.