22 de fevereiro de 2024

O amor além da idade

Hoje eu me encantei com o teu rosto

E logo deslizei o meu ser por todo o teu corpo

E assim abstrair do teu riso a minha felicidade

Pois tenho certeza que no amor não se mede a idade

E vi no meu mundo um paraíso

E também percebi que é só do teu amor que eu preciso

E algum tempo depois mais uma vez olhei para ti

E te vi no em meio às flores do jardim de um paraíso

E me deixei me perfumar com o teu riso

Senti a tua essência em mim por toda a vida

E logo percebi que é só do teu amor que eu preciso

Mas quando deslizei o meu ser pelo teu corpo

Encontrei o êxtase da minha vida na tua pessoa

E não tenho pressa nenhuma de passar nesta viagem

Pois logo vi que tudo parecia um sonho de alguém já numa certa idade

Ou mesmo um pesadelo de alguém que te ama tanto

Mas me consolei em saber que o que se sente não se a mede pela a idade

Mas por tudo que é essencial e dura por toda a eternidade

Nilson Ericeira