25 de fevereiro de 2024

O amor imerso

Você
chegou assim tão de repente

E
nem notou do meu amor

E
aos pouco fui percebendo

Que
eu a amava sem me fazer notar

É
que amor não marca o instante nem a hora

O
que mais importa é quem se quer amar

Com
isso eu fui aos poucos me apresentando

E
semeando as sementes do amor que trago em mim

Mas
mesmo assim fui me precavendo

Pois
o amor não existe em uma pessoa só

O
amor que se pretende tem que ser recíproco

Pois
não adianta só um sentir

E,
assim, fui demonstrando, do que sou capaz

E
logo vi que não era correspondido

E
tratei de ir saindo…

No
outro dia olhei para o tempo

Como
quem procura alguém

Nem
percebi que as estrelas se mudaram

Mas
você nunca saiu de mim

É
que amor não marca hora

Mesmo
que pare no tempo

A
qualquer instante pode emergir

   Nilson
Ericeira