22 de fevereiro de 2024

À devoção do amor

Ainda
que me faltem palavras,

Sentidos

Direi
ao Pai, ao Filho e seus semelhantes

Que
só o amor importa

Transporta,
comporta

Ainda
que a dor exista e insista

Louvarei
a Paz

À
vida

O
amor

Pois
assim que sou,

Serei,
semearei…

Ainda
que desdenhem e achem graça de mim

Insistirei
no amor e não me abaterei

E,
então, em oração sempre pedirei

Tende
piedade de nós

Senhor!

Pai,
filho e Espírito

À
luz do mundo

 Nilson Ericeira