20 de fevereiro de 2024

O que é a liberdade?

Certamente
uma pergunta com amplas possibilidades de respostas. Cada um vive a sua própria
liberdade, ou mesmo a constrói no dia a dia. De certa forma, por vezes,
percebemos construir nosso próprios cárceres.

De
todo modo, cada de um de nós temos as nossas próprias respostas para o que é a
liberdade.

Para
uns liberdade é apenas o direito de ir e vir, mas certamente ela vai muito além
disto. A liberdade de ser livre passa fundamentalmente por uma sociedade que
não haja a usurpação ou mesmo a negação de direitos.

No
caso de nosso país, para que sejamos livres temos regramentos constitucionais.
Ninguém pode absolutamente tudo e nem pode menos ou mais que os outros, mas
forma a sua liberdade e do outro a partir das relações e do estado ou posição
que ocupa.

Em
regra, a lei é em função das pessoas, mas há também o regramento em relação ao
cargo que exerce. Mas isto não nasceu para lhes dá privilégios ou mesmo por que
seja melhor que o outro, mas para que o princípio da igualdade seja respeitado.

A
igualdade nem sempre é, mas conquistada…

Neste
sentido ratificamos nosso tecido no sentido de que a nossa liberdade é
construída todos os dias.


imaginaram o que seria de nós se não tivéssemos regramentos? As pessoas que se ‘julgassem’
com mais poder e patrimônio certamente encarcerariam outras de menos posse,
privando-lhes de seus direitos.

Olha
que isto em algum momento é evidente…

Percebi
que o caminho que ensaiei para explicar a liberdade não é mesmo do seu, que bom
que encontramos caminhos diferentes para a liberdade que enxergamos. E é assim
que destruímos as amarras de quem quer nos prender como se fôssemos objetos para
uso conveniente!