25 de fevereiro de 2024

A condicional de amar

Quando
sentir meu corpo esquálido

Ou
quando pensares em notar que existo

Ou
mesmo quando teus olhos me procurarem

Não
sei se serei

Se
estarei

Se
aceitarei

Quando
te permitires o meu amor

Quando
me receberes nos teus braços

Quando
teu coração me aceitar

As
minhas restrições sumirão

Os
meus olhos te encontrarão

E
meu ser não porá condições

Pois
a vida de quem ama só é plena com o aceite

Com
o azeite da vida

 Nilson
Ericeira