24 de fevereiro de 2024

Alie-Nação

Os
invencionismos e as lavagens cerebrais tem adoecidos as pessoas

Ao
ponto de vangloriarem-se em mentir

Não
bastam apenas os fatos nus e crus, mas a certeza de que a mentira é aceita e
reproduzida em séries

É
preciso saber o que é mentira e o que é verdade, estabelecer assim um crivo

Nem
todos estamos preparados para aceitar a lógica da verdade, mesmo que para isto,
percamos as nossas vidas

Formamos
um grande número de alienados que não nos importamos com a dor alheia

Damos
pés e asas a mentiras que interessam aos seus mentores e idealizadores

A
nossa Nação é pária de uma gente parida no seio da exclusão

Sentimo-nos
intrusos dentro da nossa pátria

A
cada dia novos fatos escabrosos nos tiram o sono e até a vida

Então,
é preciso fundamentar a mentira, pondo recheios persuasivos

Não
faltar militância que se encarregará de fazê-la chegar a mais gente possível

Então,
só nos resta a inação e omissão como fulcro de um desgoverno criminoso

Assim
seguimos numa nação pária e madrasta de seus próprios filhos

Falta-nos
certamente ‘vá-ci-nas’, mas não nos faltarão midiáticas formas de mentir

Nilson
Ericeira