22 de fevereiro de 2024

H u m a n o s!

Que me
haja tempo para sonhar,


passos, caminhar por aí

Que
aprenda um dia a voar

E que
continue a sonhar

Que meu o
alimento não seja só pão

Mas
tenha chão para caminhar

E meu
coração para alimentar meus sonhos

Que
tenha ar, mas nem só de ar eu respire

Mas de
tudo do meu coração,

Inspiração

Que o
meu orgulho morra e eu o pise no chão

E que
haja sempre vida no meu coração

Que eu
tenha as tuas mãos nas minhas

Os teus
braços e teus entrelaços,

Abraços!

E assim
que não falte a voz que me alimenta

Nem meus
condimentos de amor

Que não
me falte caminhos e nem me perca fora do ninho

Pois eu
quero ser um ser mais humano

Coisa
que nem eu mesmo sei se vou chegar a ser

Mas eu
queria tanto ver meus filhos crescerem

Ver meus
amigos chegarem

E poder
sempre acolhê-los

Pois da
fome que eu sinto não compra alimento

Pois o
meu condimento de vida

É o
pouco de cada um e de tudo que existe

Por isso
eu insisto em te buscar

E quem
sabe um dia aprenderei caminhar

 Nilson
Ericeira