27 de fevereiro de 2024

PENSAMENTO DO DIA

Não deveremos subestimar a vontade do povo, achando que todos são iguais e aceitam o jogo das negociatas, do compadrio, dos privilégios momentâneos e de alguns ‘dividendos’ quando sobram na conta do senhor. (Nilson Ericeira)