20 de fevereiro de 2024

Notas de amar

O que eu não te disse certamente em mim resiste

Em mim insiste

E em mim existe

Àquela voz dentro de mim eu sei que é amor

E por que esperar por tanto tempo se eu te amo

Ah, o que o amor me fez

Não sei dizer, não sei contar e tento decifrar

Mas sei que é a ânsia de te amar para sempre

É que dentro de mim num só recipiente

Outras sementes em maturação

É o teu amor de que deriva a mais bela canção

A voz do coração me diz o que é o amor que eu sinto

É o que de mais lindo existe

Então feito colibri, em todas as manhãs eu te procuro

Em mim…

Em mim…

Ah por que o meu coração se fez assim

Se abre as portas, as janelas e comportas do amor

E tranca assim, podando as asas de quem ama

Mas se puder me diga por que é então que eu insisto

E se te buscar me custa sentir saudade tua

Às vezes na rua me pego em devaneios e abstrações

E tento decifrar a voz do meu coração

Pois lá dentro de mim há uma só canção

Eu te amo, eu te amo, eu te amo…

Nilson Ericeira