20 de fevereiro de 2024

Além das estações

Do que fui

Do que serei

Onde estou

E se o tempo passar

Por todo o tempo ei de te amar

Pois o que sinto vai além do ar, do mar e da imensidão

Pois é amor o que sente o meu coração

E, se no pensamento eu te buscar

E como gaivota beliscando o mar…

Ou no infinito o que do amor é mais bonito

A essência de te amar

Ou na crista da onda do meu coração

Irei te encontrar não importa o lugar

Além do infinito, igual uma gaivota que beliscou o mar

Pra sempre ei de te amar

Nilson Ericeira