22 de fevereiro de 2024

Respeitar o jeito de ser de cada um implica respeito mútuo

Penso
que na vida em sociedade, o verbo respeitar deve ser conjugado em todos os
tempos, modos e vozes, pois as pessoas do discursos deveriam assimilar no dia a
dia das suas relações que o respeito é e será sempre o alicerce das relações.
Sem respeito não chegaremos aos institutos do amor e da amizade. Sendo o que
não há amizade que se estabeleça sem o respeito. Pois norte de todas as relações,
uma vez que é respeitando que se é respeitado.

Enfraquecemos
as nossas relações e até encerramos quando desrespeitamos o nosso próximo.
Engana-se quem entende que, em tratando as pessoas mal, consegue ser virtuoso.

A
virtuosa aparência por necessidade
se desfaz com o tempo e à medida que o
suposto poder passa…

Do
mesmo modo que não deveríamos tonar hábito o tratamento desigual ou externa-lo
como se qualidade fosse. Ninguém deveria admirar alguém que o maltrata e desrespeita.
 

Por
não medir a consequência de nossos atos, por vezes achamos engraçado tratar as
pessoas como coisas, ou mesmo da forma de objetos de consumo. Quem tem o poder
de alguma forma e em algum momento, volta e meia age assim. Pois é preciso
mostrar do que pode.

Quando
assumimos a nossa submissão, aplaudindo, elogiando ou mesmo nomeando qualidades
a quem sabemos não tê-las, não somente desrespeitamos os outros, mas também e
principalmente a nós próprios.

Mas
tudo na vida passa pela questão de valores…

Nunca
me fizera bem a postura dos autoritários, assim como o ar carismáticos dos
hipócritas. Um e outro me fazem mal, não desejando assim, permanecer respirando
do mesmo ar por muito tempo. Contexto ou situação em que logo tomo debandada,
por maio que seja a vantagem material dali auferida ou pretensa, pois acabo fazendo
renúncias.

E
nunca me foi fácil me afastar de quem de alguma forma em algum momento da minha
vida me tenha sido preciso afastar, para o bem ou para o mal, assim tem sido bem
melhor, pois em paz com a minha consciência.